Mini biografias

> CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

 

- EDUARDO MUFAREJ

Eduardo Mufarej é paulistano, casado e tem 41 anos. Sócio da Tarpon Investimentos desde 2004, Eduardo atuou até outubro de 2017 como CEO da Somos Educação, empresa da qual é atualmente Presidente do Conselho de Administração. Eduardo Mufarej é o idealizador do Renova BR, associação sem fins lucrativos cujo objetivo é preparar pessoas éticas e comprometidas a entrar para a política.

Ele também atua como Presidente do Conselho da Confederação Brasileira de Rugby, além de ser membro dos Conselhos do Centro de Liderança Publica, Ranking dos Políticos e da Escola de Negócios da Universidade de Yale.

 

- FABIAN DANIEL MAGGIORI

Sócio-diretor da Decyseo Corretora de Cambio, com atuação no mercado de câmbio e serviços de pagamento desde 1986. Cursou Ciências Econômicas de 1986 a 1990 na Universidade Mackenzie. Atuou como jogador de Rugby de 1980 até 2005, atuando pela extinta equipe de Alphaville Rugby, de 1982 a 1995, sagrando-se Campeão Paulista em 1984-85-86-87-91-92 e Brasileiro em 1985-88-89-91-92 e posteriormente atuou no SPAC de 1995-2005, sagrando-se Campeão Paulista e Brasileiro em 1999. Atualmente participa como Conselheiro na CBRu (Confederação Brasileiro de Rugby) por indicação da Federação Paulista de Rugby, além de presidir o Comitê de Desenvolvimento da CBRu, tendo também representado o Brasil na Confederação Sudamericana de Rugby (atual SUDAMERICA RUGBY).

 

- GIANCARLO BISTROT

Economista e mestre em administração de empresas, atua há 15 anos no mercado siderúrgico nas áreas de planejamento estratégico, financeiro e supply chain; liderando projetos de mudança organizacional e tecnologia da informação. Contribuindo com o rugby brasileiro desde 2009, como jogador, árbitro e dirigente; foi presidente da Federação Gaúcha de Rugby entre 2015 e 2017, membro da base no Conselho de Administração da CBRu desde 2017 e representante brasileiro na Sudamerica Rugby desde 2018.

 

- JEAN-MARC ETLIN

Jean-Marc Etlin ingressou na CVC Capital Partners em 2016 como Head da América Latina. Antes, foi CEO do Banco de Investimento e membro do Comitê Executivo do Itaú BBA de 2005 a 2015 e Managing Director/Co-Head da divisão de Banco de Investimento do UBS na América Latina de 1997 a 2004. Graduação em Administração de Empresas pela FGV e MBA pelo INSEAD. Membro dos Conselhos de Administração: SHV Holdings, Lhoist S.A., Itau BBA International, Confederação Brasileira de Rugby, International Council da Sothebys, Fundação Bienal e do Museu de Arte Moderna de São Paulo.

 

- MARIANA WYSE

Mariana Wyse é gerente de projetos de engenharia de infraestrutura e projetos de cunho ambiental-social. Atualmente cursa graduação em direito e é árbitra de rugby do painel nacional da Confederação Brasileira de Rugby.

Trabalha com gestão de projetos desde 2007, onde desenvolveu a carreira como gestora através de uma abordagem que privilegia os aspectos relacionais do trabalho em equipe como ferramenta de potencialização de resultados objetivos.

Estudou Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Civil e concluiu mestrado na área de Gestão da Produção na Universidade de São Paulo, onde hoje estuda direito. Possui publicações relacionadas à gestão do processo de produção de engenharia civil e atuou como professora no curso de Gestão de Empreendimentos (Lato Sensu) da Universidade Presbiteriana Mackenzie entre 2014 e 2017.

Gerencia equipes em projetos de Engenharia de Infraestrutura, desenvolvimento e implantação de Gestão Metodológica para empresas públicas. Atua hoje em projeto junto a uma das autarquias do Estado de São Paulo com o objetivo de desenvolvimento institucional e em paralelo, desenvolvimento de iniciativas de educação ambiental e empoderamento social para os beneficiários das ações do cliente.

Foi jogadora de rugby de 2003 a 2013, nos clubes Rio Branco Rugby Clube e Bandeirantes Saracens e participou da seleção brasileira entre 2008 e 2011. Em 2013 passou a dedicar-se exclusivamente à arbitragem, onde atuou na série mundial feminina de rugby sevens da World Rugby em 2014, 2015 e 2016 e nas Olimpíadas do Rio 2016 como árbitra auxiliar desta modalidade.

 

- MARJORIE ENYA

Marjorie é bacharel em História pela Universidade de São Paulo, e possui MBA em gestão de projetos na Fundação Getúlio Vargas. Antes de trabalhar como gerente de serviços de competição nos Jogos Olímpicos Rio2016 para as modalidades rugby sevens e pentatlo moderno, foi gerente da seleção brasileira de rugby. Mais recentemente, atuou como gerente de serviços na Rugby World Cup Sevens em São Francisco, nos EUA. Foi selecionada para o programa de desenvolvimento de lideranças femininas da World Rugby, e integra o Grupo de Estudos Olímpicos da USP.

 

- PEDRO SORRIBES ROSA

Pedro Sorribes Rosa é administrador de empresas formado pelo Mackenzie de São Paulo. Graduou-se em 2005, dois anos após ter conhecido o Rugby nessa mesma universidade. Além disso, obteve máster em Organização e Gestão de Organizações e Entidades Esportivas pela faculdade Politécnica de Valencia na Espanha em 2008 onde continuou sua carreira no rugby jogando em times da segunda divisão espanhola, pela universidade e pela seleção estadual. Profissionalmente, Pedro Rosa começou como estagiário na empresa Logisplan, passou tb por empresas como Telefonica, ING, Tele2, Concept e Logiservice todas na área comercial.  Pedro jogou pela seleção brasileira de rugby de 2009 a 2015, nas modalidades XV, sevens e praia, e em 2009 fundou o União Rugby Alphaville, onde foi presidente pelos primeiros 4 anos, além de atuar em clubes tradicionais de São Paulo, como Bandeirantes e SPAC até os dias atuais".

 

- RODRIGO SANTORO

Rodrigo Sodre Santoro cursou o ensino medio no Colégio Santa Cruz, ingressou no curso de economia na FAAP, mas não chegou a se formar, o início de sua carreira profissional foi em 1987, trabalhando no negócio da sua família, Leilões Sodré Santoro, saiu de lá em Jul-2001 para fundar a SuperBid, empresa de tecnologia e de empresas intermediações de ativos corporativos, com atuação atualmente em 7 países além do Brasil, hoje é Presidente do CA e CEO da SBpar SA, holding controladora dos negócios SuperBid. Rodrigo Sodré Santoro também foi jogador de rúgbi, com passagem pela seleção brasileira juvenil de rúgbi em 1988, e é conselheiro independente da Confederação Brasileira de Rúgbi(CBRu) desde Jun-2018.

 

- ROGERIO CALDERÓN

Administrador de empresas formado pela Fundação Getulio Vargas - SP e em Ciência Contábeis pela Fundação Paulo Eiró – SP com extensões em  E-Business pela Darden Graduate School of Business Administration da University of Virginia; Summer Executive Business School da University of Western Ontario, Canadá; Estratégia e Organização Empresarial e Treinamento, Orientação de Pessoas, Liderança e Transformação Na Princeton University - Center for Executive Development Faculty; Gerenciamento de Educação Continuada e Treinamentos Profissionais – PWC Arundel, Inglaterra; Finanças e Decisão de Investimentos - Análises e Métricas - Fundação Getulio Vargas-SP - Executive Business Development; "Making Corporate Boards More Effective", na Harvard Business School em novembro/2013.

Profissionalmente, atuou de 1981 a 2003, como sócio na PricewaterhouseCoopers, nas áreas de Auditoria, Consultoria e Tributária, e prestou serviço para Alpargatas, Bunge, Colgate, Danone, Johnson & Johnson, Klabin, Netlé, Rhodia, Santista Textil, Seara, Syngenta e Votorantim. Atuou de 2003 a 2005 nas empresas Fosfertil, Ultrafertil e Fertifos como membro do conselho de administração. Nas empresas Fundação Bunge, Bungeprev e Fosfertil foi Membro do Comitê de Auditoria. E na empresa Bunge Brasil e Fertifos atuou como diretor. Ainda nesse período foi Diretor Vice-Presidente de Administração e Finanças, na área legal, tributária e tecnologia da informação. Atuou de 2006 a Junho de 2007 no Grupo Bunge em que conduziu um projeto viabilizando a criação da Produzir Fomento Agrícola Comércio e Exportação S.A., uma joint venture entre a Bunge Ltd. e a E.I.DuPont, na qual atuou como Diretor Financeiro. Atuou de junho de 2007 a setembro de 2007 no Unibanco – União de Bancos Brasileiros S.A. como membro do Conselho Fiscal. Atuou de setembro de 2007 a outubro de 2009 como Diretor Executivo no Unibanco S.A. Entre 2007 e 2008 atuou como membro do Conselho Fiscal da Company S.A. (atual Brookfield S.A.). Atuou de 2009 a 2014 no Itaú Unibanco S.A. como diretor. Atuou de 2009 a 2014 no Itaú Unibanco Holding S.A. como diretor. Atuou de 2013 a 2014 na Tecnisa S.A. como membro do Conselho de Administração. Atuou de 2014 a 2016 no Grupo HSBC, como Diretor Financeiro e como membro do HSBC Finance Management Board e do HSBC Latin America Managerial Committee.

É membro dos comitês de auditoria do Itaú-Unibanco Holdings S.A. e da B3 Bolsa de Valores, além de membro do Conselho de Administração da Alupar S.A.

 

- WALDIR RECCANELLO

Formado em Direito pela Universidade Estadual de Ponta Grossa - UEPG em 1999, e pós-graduado em Direito Civil pela Universidade Tuiuti do Paraná em 2004, Waldir Figueiredo Reccanello advogou até 2012 no setor privado, com ênfase no direito empresarial cível. Aprovado em concurso público, desde 2012 é Procurador Municipal da cidade de Pinhão/PR, em razão do que tem exercido a advocacia quase que exclusivamente voltada ao direito administrativo, com foco e licitações e contratos. Ainda é jogador de rúgbi, com atuação como árbitro de linha e técnico do time feminino de sua equipe. Integrao Conselho de Administração da CBRU desde 2018, como Membro da Base

 

> CONSELHO FISCAL

 

- FILIPE GIBRAN

Brasileiro, casado, 29 anos, advogado, Filósofo,Jogador de Rugby, Atleta do BH Rugby desde 2006, Secretário Fed. Mineira de Rugby, Facilitador da Frente de evangélicos pelo estado de Direito/MG (FEED),  Articulador do Fôlego Cultural.

 

- LEONARDO ROCHA

Leonardo Rocha possui 35 anos de experiência profissional, tendo atuado como executivo financeiro e de RI em grandes organizações multinacionais e nacionais de capital aberto, tais como, Esso Brasileira de Petróleo, Exxon Química, Coca-Cola Indústrias Ltda. (Diretor de Planejamento Financeiro), Grupo Telefonica (Telesp - Vice-Presidente de Administração e Finanças e RI), Grupo Pão de Açúcar (Diretor de Controladoria, Finanças e RI), HP Brasil (Diretor de Administração e Finanças), Globex Utilidades S/A (Ponto Frio - Diretor Financeiro e de RI), Grupo Camargo Corrêa (CCDI-Diretor de Finanças e de RI) e Nextel Telecomunicações (Vice-Presidente de Finanças, Jurídico e Regulatório). Atualmente é o sócio-diretor da Admiral Capital Partners, consultoria focada em projetos de redução de custos e assessoria financeira para operações de M&A e em mercado de capitais. É formado em engenharia mecânica pelo Instituto Militar de Engenharia (IME-1981) e pós-graduado em administração de empresas-finanças pela PUC/RJ (1991). Participou do CFO’s Executive Program na University of Chicago (2007), de governança corporativa na Yale School of Management (2012), Conselhos de Administração/Comitês de Auditoria na Harvard Business School (2014), do Director’s College do Rock Center for Corporate Governance na Stanford University (2017), do programa Private Equity : Investing and Creating Value na The Wharton School (2017), do workshop Effective Board Leadership no IFC-World Bank Group (2017) e de formação de conselheiros no Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC-2009). Foi membro do Conselho de Administração no período 2015-2017, foi presidente (2007) e é membro da Diretoria Vogal do Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças IBEF-SP. Em 2003, foi um dos três finalistas ao prêmio de melhor executivo de finanças concedido anualmente pelo IBEF-SP. É membro do IBGC e conselheiro consultivo da ONG Vocação (ex-Ação Comunitária). É conselheiro fiscal e membro do Comitê de Gestão e Finanças da Confederação Brasileira de Rubgy. Integra o time de mentores de empresas da Endeavor e da Bambuzza, o Audit Committee Institute coordenado pela KPMG e o Board Members Program da EY. Foi membro do Conselho Fiscal da Abril Educação S.A. (2014-2015), empresa do Novo Mercado na BM&FBovespa. Integrou o Conselho de administração e o Comitê de Auditoria do Hotel Urbano, empresa de e-commerce, no período Jan/15-Set/16. É membro independente do Conselho de Administração, coordenador do Comitê de Auditoria/Compliance/Riscos e participa do Comitê Financeiro da Norte Energia S.A. (Usina Hidrelétrica Belo Monte).

 

 - PAULO RENATO MOTTA

Paulo Renato Motta traz extensa experiência como executivo e empreendedor, especialmente na área financeira em desenvolvimento de negócios, operação e manutenção, tendo vivenciado diversos setores elétrico, construção, naval, rodovias e saneamento. Engenheiro Mecânico de Produção formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e Bacharel em Direito pela Universidade Cândido Mendes no Rio de Janeiro.